Voltar ao topo

30 anos em 30 palavras

Hoje, 21 de Fevereiro de 2016, o primeiro "Zeldinha" de NES completa 30 anos de seu lançamento. Além dos diversos especiais que fizemos durante o dia, hoje começamos com nossas séries de posts comemorativos do aniversário da franquia.

Para dar início às festividades, convidamos a equipe HL, membros do grupo social e alguns conhecidos a descreverem o que The Legend of Zelda significa para cada em 30 palavras. Confira como cada um descreveu esses 30 anos de lenda (e parte disso como fãs, já que a série é mais velha que quase todos nós) em tão poucos fonemas:

 

O jogo que iniciou essa franquia: revolucionário, sempre num lugar especial dos corações que viveram os anos 80. Frases icônicas e trilha sonora marcante: as bases da nossa amada lenda.

Danilo Passos (Ninja), fundador do HL

 

É PERIGOSO IR SOZINHO! Tudo começou assim, quase sem espaço pra texto, evoluindo para um mundo de sidekicks tagarelas, mas a ação e puzzles continuam apaixonantes, a essência da lenda!

Emanuel Souza (Chapolink), diretor de conteúdo HL

 

Zelda é a única série onde o inimigo mais temido é uma galinha, um bebê vira um magnata dos negócios e um homem de 35 anos pensa que é fada.

Twero, diretor de tradução e localizações HL

 

Zelda não é importante. O importante foi o que criamos a partir desse jogo, a comunidade, as teorias, as tradições. Nesses 30 anos, parabéns para a fanbase. Nós criamos Zelda.

Ricardo Kuraoka (Delavu_Ocean lyrics), coordenador da equipe de redação e pesquisa HL

 

O que mais gosto da série é como ela se reinventa a cada jogo e ainda consegue ser a mesma, trazendo, em todo novo título, um jeito novo de contar a mesma história

Marcos Paulo, tradutor HL

 

Zelda é feito de momentos. É difícil uma série dividir tanto a base por causa de amor por uma série. Seja quem produz, ou quem joga, Zelda se resume nisso

Matheus Monteiro, newsposter HL

 

O jeito RPG de ser, somado à aventura e ação... e segredos. Seja por meio de passagens ocultas ou tesouros escondidos, sobretudo aqueles que estão mais pertos do que imaginávamos.

Andy, diretor de detonados HL

 

Começou aos meus quatro anos, vendo meu tio jogar Ocarina. Desde então sou fascinada pelo "jogo", uma lenda, um mundo inteiro, complexo, completo, uma história perfeita que aperfeiçoou minha vida.

Camila Teixeira, fã da lenda e membro do grupo social

 

Joguei boa parte dos Zeldas e é incrivel notar como foi a importância da série na indústria. Mostra como as aventuras podem ser imersivas e cativantes. Espero que venha mais!

Matheus F. @lemionade, fã da lenda

 

Por desencontros da vida, Zelda não fez parte da minha infância e se tornou vital pra mim apenas recentemente. Felizmente a magia sempre esteve ali, guardada em um baú.

Kinho Costa, escritor no Juiz Cachorro

 

Não migrei para Zelda 3D, como se Ocarina of Time inexistisse nesse mundo. É incrivel como a série agrada fãs de 2D e 3D fazendo a mesma coisa em ambos.

Roberto Rezende, escritor no Juiz Cachorro

 

Zelda foi a descoberta de um universo criativo fantástico, que me inspira até hoje a criar histórias e desenvolver narrativas, devido a riqueza de detalhes que o jogo me proporcionou.

Bruno Cardoso, fã da lenda

 

Porque além da ambientação toda, saindo por aí com espadas e tudo, ser maravilhosa, foi a primeira vez que eu realmente me senti representado: o herói dessa lenda era canhoto!

Guilherme Olivetti (Kafei), colunista HL

 

É difícil descrever a série, então vou chamar Link, nosso amado protagonista, para isso: Heyaa Heyaa!! Ya Heyy ya Heya Heyaya Hey Ya Heyaa!! Hey Yaaaaaa heya!! Haaaaa! Heyaaa heya!

Sergio Schargel (Nikolai Bazarov), colunista HL

 

É espada, é escudo, é o fim da dungeon. É um resto de leite, é um pouco calado. É um saco de rupee, é o coração, é a lua. Parabéns!

Patrick, colunista HL

 

Três dias.
Uma lua.
Uma criança perdida.
Um herói desconhecido.
A princesa sequestrada.
A montanha congelada.
A noiva abandonada.
O reino esquecido.
O vendedor de máscaras.
Três dias.
De novo.

SkSonicSk, editor chefe HL

 

Uma boa lenda leva anos: um economizando para o Nintendo 64; outro até vencer Ganon; dois buscando a Triforce e, depois, uma vida inteira de alegria sempre a cada lançamento.

Caio, colunista HL

 

 

E aí, o que acharam? Vocês também podem mandar suas 30 palavras,  poesia, declaração de amor ou cartinha para A Lenda de Zelda pelos comentários ou pelos demais canais Hyrule Legends.

Perfil institucional do Zelda.com.br.

Comentários

  • Popular
  • Recente
  • Enquete
O produtor da série, Eiji Aonuma, botou a boca no trambone e...
qui, 19/01/2017 - 20:57
Breath of the Wild só sai dia 03 de março, mas seu primeiro...
qui, 19/01/2017 - 20:20
Ainda não acredita que a versão de Nintendo Switch possui um...
qui, 19/01/2017 - 20:09
Breath of the Wild é o primeiro Zelda a ver personagens fala...
qui, 19/01/2017 - 19:55
O que mais te empolgou em Breath of The Wild?