Voltar ao topo

Heróis por trás da Triforce: Sábios

As lendas sempre nos contam as histórias do herói corajoso, da princesa sábia e do lorde das trevas poderoso. O herói consegue superar o mal e reestabelece a paz junto com a ajuda dos triângulos dourados…
O que as lendas não contam é que o herói não fez tudo isso sozinho. Seja bem vindo a série “Heróis por trás da Triforce”, um conjunto de textos na qual apresentaremos personagens tão corajosos e heroicos quanto Link, mas que as lendas não contam. Cuidado! Os textos podem conter informações das lendas que você ainda não conhece.

Os sábios

Os sábios têm uma importância extrema para Hyrule. Eles são os guardiões do Sacred Realm, o local em que a Triforce fica, além de serem responsáveis por guardar o poder da Master Sword, sendo protetores de todo o reino. Também entram em conflito com Ganondorf, aprisionando-o diversas vezes para que ele não possa cumprir seus objetivos. Muitas vezes, os protetores do reino são despertados para seu dever com o auxílio do herói de túnica verde - uma função que a princípio não parecem que foram projetados.

Aparições dos protetores de Hyrule

A primeira menção oficial dos sábios é em A Link to the Past. Os sete selaram Ganon no Sacread Realm, para que este não tomasse conta de Hyrule Isso fez com que o local fosse transformado no Dark World (quanta irresponsabilidade)., mundo que Link visita no jogo. Em sua aventura, é necessário encontrar sete donzelas, que são descendentes diretas dos antigos sábios, para conseguir derrotar Ganon.

Talvez a mais icônica aparição dos sábios seja em Ocarina of Time. Após retirar a Master Sword no Templo do Tempo, Rauru dá instruções para Link, orientado-o a procurar os sábios e ajudá-los a despertarem para seu dever. Vale lembrar que o próprio templo foi construído pelos sábios para proteger a ligação do Sacred Realm com Hyrule.

Os sábios, com exceção de Zelda e Rauru, são habitantes comuns do reino de Hyrule que não sabem do seu destino: Saria, a kokiri melhor amiga de Link; Darunia, o líder dos gorons; Ruto, a princesa zora; Impa, a última sheikah e protetora da princesa; Nabooru, a guerreira gerudo. Após despertarem, eles são responsáveis por projetar a ponte para a torre do Ganon, além de selar o rei do mal.

Em Wind Waker, exite a presença de somente dois sábios, ao contrário dos sete de Ocarina of Time. Temos o encontro com os espíritos da zora Laruto e do kokiri Fado. Ambos eram, respectivamente, os sábios da terra e do vento e acabaram sendo mortos por Ganonorf. O que Link faz é procurar os sucessores de ambos e acaba encontrando a rito Medli e o korok Makar. Os novos sábios conseguem restabelecer o poder completo da Master Sword.

Na aparição de Twilight Princess temos mais mudanças em relação aos sábios. Dessa vez, todos têm uma aparência etérea, lembrando homens velhos (excluindo a princesa). Os seis anciões possuem os símbolos dos medalhões de Ocarina of Time.  Eles residem no Mirror Chamber, local que efetuaram a tentativa de executar Ganondorf anos antes dos eventos de Twilight Princess - em vão, uma vez que, devido a sua triforce do poder, o rei do mal impediu que a espada dos sábios lhe ferisse mortalmente. Foi então que, no desespero, os sábios o enviaram para o mundo do crepúsculo.

Em A Link Between Worlds, voltamos a uma fórmula bem semelhantes ao que vimos em OoT - Sete pessoas (dessa vez excluindo a princesa), descendentes dos sábios que inicialmente não sabiam de sua vocação: Osfara, aprendiz de Sahasrahla; Gulley, filho do ferreiro; Rosso, um mineiro; Oren, a rainha zora; Impa, a sheikah; Irene, a aprendiz de feiticeira e Seres, uma freira.

Mesmo que não apareçam diretamente, temos algumas menções aos sábios em outros jogos. Em Zelda 2, algumas cidades possuem o mesmo nome dos sábios de Ocarina (Rauru, Ruto, Saria, Nabooru e Darunia). Em Spirit Tracks, temos a tribo lokomo, que ocupam a função de certificar que Malladus está preso na Tower of Spirits.

A relação dos sábios com o herói

Embora tenham o status de protetores da terra de Hyrule, as aparições dos sábios variam muito - Em alguns jogos, estão mais próximos de Link, como em Ocarina of Time, na qual andam lado a lado com o herói. Em outros, como Twilight Princess, têm um status de divindade, agindo como conselheiros apenas e aparecendo nas partes finais dos jogos.

De qualquer modo, os sábios mostram-se uma figura importante na série Zelda, não só influenciando nos jogos, mas em toda a história de Hyrule: como o fato de proteger a Master Sword e a tentativa de executar Ganondorf. Certamente, o desenrolar dos fatos seria diferente (e pior) sem suas ações e aparições, marcando-os como figuras importantes para auxiliar Link na jornada contra o mal.

Mago das palavras e defensor do brócolis com filé de frango, vê Waluigi como um exemplo de vida a ser seguido

Comentários

  • Popular
  • Recente
  • Enquete
Você já sabe que Breath of the Wild terá um mundo enorme. V...
sab, 21/01/2017 - 19:12
A Amazon Japonesa liberou novas screenshoots de Breath of th...
sab, 21/01/2017 - 01:57
Lembra do rumor de que Link na verdade não seria Link (e qu...
sab, 21/01/2017 - 00:50
Na mesma entrevista em que revelou que Breath of the Wild n...
sex, 20/01/2017 - 22:29
O que mais te empolgou em Breath of The Wild?